Telha de plástico reciclado que gera energia através do grafeno é promessa de empresa brasileira

04/06/2021 por Redação SustentArqui
Telha de plastico reciclado que gera energia atraves do grafeno

Empresa brasileira que aposta por sustentabilidade e inovação desenvolveu um modelo de telha de plástico reciclado que gera energia solar com a utilização do grafeno, material que é fino como carbono.

 

 

Segundo a empresa, as telhas podem gerar até 30 KW mês por unidade, isso quer dizer que com apenas 4 unidades uma residência poderia ser auto suficiente, com o custo de apenas 35% superior ao da Telha Colonial Plástica comum. Acima deste número de telhas será possível vender o excesso para as concessionárias de energia.

A tecnologia de grafeno pode ser utilizada em qualquer telha, levando energia elétrica de forma acessível, rápida e inteligente, mesmo com tempo nublado ou chuvoso.

Telha de plástico reciclado que gera energia através do grafeno

Telha de plástico reciclado

A Telite, empresa de Leonardo Retto, começou em 2013 como um negócio familiar. Por se tratar de uma pequena cidade no interior do Rio de Janeiro, os limites de crédito eram baixos e logo o empresário sentiu a necessidade de buscar investidores.

Após encerrar as operações em uma fábrica de telhas de fibra de vidro, que havia fundado com seu pai, Leonardo passou a estudar sobre inovação e sustentabilidade. Suas pesquisas o levaram à elaboração de um produto fabricado a partir de insumos descartáveis, que entram em um processo de reciclagem, como garrafas, embalagens e diversas variedades de materiais plásticos.

No mesmo ano, a Telite recebeu um aporte financeiro de R﹩ 700 mil feito por acionistas da Gávea Angels. Em seguida, iniciou o processo de produção da Telha Colonial Plástica, que utiliza 100% de resíduos plásticos retirados do meio ambiente, cerca de 150 toneladas por mês.

A telha é desenvolvida em PEAD, polietileno de alta densidade que é um polímero da família das poliolefinas. Devido às suas propriedades mecânicas e térmicas, esse material atende segmentos de infraestrutura com alta durabilidade e facilidade na instalação.

Desafios

Apesar de ser uma promessa animadora, a empresa ainda enfrenta alguns desafios para lançar o produto no mercado. O primeiro é encontrar um fornecedor seguro de grafeno, a extração do material ainda é muito cara, no Brasil. Depois disso será necessário uma rodada com investidores para captar fundos para começar a produção em larga escala.

Outro passo a ser concluído é a certificação do Inmetro, algo que deve ser concluído entre junho e julho, segundo a empresa. Depois disso a ideia é testar a eficácia da telha em regiões diferentes, com climas distintos, antes de lançá-la ao mercado.

Mas de acordo com a empresa, as telhas de plástico reciclado devem ser colocadas à venda ainda em 2021. Vamos aguardar!

 

 

Textos e imagens – divulgação Telite

Fonte e Artigo completo: https://sustentarqui.com.br/telha-de-plastico-reciclado-que-gera-energia-atraves-do-grafeno/

Compartilhar: